Search


ÍNDICE:

O Banco Nacional de Monitoramento de Prisões do CNJ, o BNMP 2.0, visa ao controle estatístico em tempo real da população carcerária, incluindo presos provisórios, definitivos, foragidos e os presos civis.

O Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP 1.0) já se encontra desativado e os mandados de prisão nele alimentados deverão ser inseridos no BNMP 2.0.

O link para acessar a consulta pública do BNMP 2.0 é https://portalbnmp.cnj.jus.br/.

O cadastro de partes e peças será realizado exclusivamente por meio do SAJ-PG. O acesso ao portal do BNMP 2.0 no site do CNJ servirá essencialmente para consultas de mandados de prisão, alvarás de solturas, guias de recolhimento, relatórios e estatísticas, bem como para retirada de sigilo do mandado de prisão e unificação de RJI´s.

Para solicitação de acesso ao sistema, será necessário preencher dois cadastros: 1º) o BNMP 2.0 Web; e 2º) a Intranet. Segue abaixo o passo a passo:

1. Solicitação de acesso por meio do BNMP 2.0 web

Para solicitar acesso ao sistema, o servidor do Judiciário deverá:

1) acessar o BNMP 2.0;

2) clicar em Solicitar Acesso, localizado no canto inferior esquerdo da tela;

3) preencher o cadastro que se abrirá com os dados solicitados (CPF, Nome do Usuário, Data de Nascimento, etc...).

INFORMAÇÃO

Vale ressaltar que alguns campos de preenchimento demandam atenção:

a) o campo Tipo de Usuário deve ser preenchido com a informação Interno;

b) o campo E-mail deve ser preenchido com o endereço eletrônico funcional do usuário (xxx.xxx@tjms.jus.br) e nunca com o e-mail do cartório;

c) quanto à informação do Órgão a ser informado é muito importante que o servidor se atente ao preenchimento exato para evitar a vinculação de maneira equivocada. Desse modo, as informações a serem selecionadas devem obedecer à seguinte ordem: Tribunais de Justiça EstaduaisTribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul1º Grau - TJMSComarca (Ex: Bonito)Vara (Ex: Bonito - 1ª Vara). É muito importante selecionar a vara correta em que o usuário trabalha e na qual emitirá os respectivos expedientes, para evitar problemas cadastrais.

d) no campo Sistemas deve ser selecionado BNMP2;

e) no campo Perfis, selecionar Servidor BNMP 2.0 (a seleção equivocada não dará acesso aos dados necessários);

f) no campo Justificativa de Acesso sugere-se o texto Implantação do BNMP 2.0 - servidor do TJMS. Caso não seja preenchido, este campo impede o envio do formulário.


4) após os preenchimento dos campos necessários, clicar em Enviar.

Segue abaixo o procedimento para a solicitação de acesso pela intranet, que também se faz necessário.

2. Solicitação de acesso pela Intranet

Realizado o procedimento acima, faz-se necessário, também, solicitar acesso à Coordenadoria de Gerência de Sistemas Externos, por meio do sistema disponibilizado na página da Corregedoria-Geral de Justiça, menu Sistemas → Solicitação de Acessos, conforme determinação contida no Ofício-Circular nº 126.768.075.0001/2018.

Na tela que se abrirá, preencher os campos conforme informações que seguem:

Assim que houver a liberação de acesso pela Corregedoria, o usuário receberá um e-mail contendo o login e a senha de acesso ao sistema. Para alteração da senha, basta acessar o Sistema de Controle de Acesso - SCA e realizar a alteração clicando sobre a figura da engrenagem no canto superior direito da tela.


(warning) Evite impressões, consulte sempre o GPS. Orientação sujeita a alterações.

  • No labels