Search


ÍNDICE:

 (tick) Orientação atualizada conforme o CNCGJ/2020.


O Banco Nacional de Monitoramento de Prisões do CNJ, o BNMP 2.0, visa ao controle estatístico em tempo real da população carcerária, incluindo presos provisórios, definitivos, foragidos e os presos civis.

O link para acessar o BNMP 2.0 é www.cnj.jus.br/corporativo ou pela Plataforma Digital do Poder Judiciário (a partir de 15.08.21). ATUALIZADO EM 12.8.21

O cadastro de partes e peças será realizado exclusivamente por meio do SAJ-PG. O acesso ao portal do BNMP 2.0 no site do CNJ servirá essencialmente para consultas de mandados de prisão, alvarás de solturas, guias de recolhimento, relatórios e estatísticas, bem como para retirada de sigilo do mandado de prisão e unificação de RJI´s.


INFORMAÇÃO

No Sistema SEEU, apenas Mandado de Prisão, Alvará de Soltura e Contramandado expedidos no sistema estão integrados com o BNMP 2.0. Os demais documentos referentes à Execução Penal serão expedidos diretamente no BNMP 2.0 Web ou por meio do SAJ (como no caso de emissão de Guia de Execução Definitiva, a qual altera o status no BNMP para "Preso em Execução Definitiva". ATUALIZADO EM 12.8.21

1. SOLICITAÇÃO DE ACESSO PELA INTRANET

Para acesso ao BNMP 2.0, é necessário que o servidor do Poder Judiciário solicite acesso à Coordenadoria de Gerência de Sistemas Externos, por meio do sistema disponibilizado na página da Corregedoria-Geral de Justiça, clicar em Solicitação de Acessos, conforme determinação contida no Ofício-Circular nº 126.768.075.0001/2018.

Na tela que se abrirá, preencher os campos conforme informações que seguem:

Assim que houver a liberação de acesso pela Corregedoria, o usuário receberá um e-mail contendo o login e a senha de acesso ao sistema. Para alteração da senha, basta acessar o Sistema de Controle de Acesso do CNJ / Corporativo do CNJ (www.cnj.jus.br/corporativo), clicar em "Esqueceu sua senha?" e definir uma nova senha.

ATENÇÃO!

É de suma importância que o usuário guarde a senha de acesso ao BNMP 2.0.

2. REDEFINIÇÃO DE SENHA 

ATUALIZADO EM 12.8.21

Caso o usuário não se recorde da senha de acesso ao BNMP 2.0 (acessado pelo www.cnj.jus.br/corporativo ou Plataforma Digital do Poder Judiciário), poderá redefini-la seguindo os passos abaixo.

1) acessar o Sistema de Controle de Acesso do CNJ / Coorporativo do CNJ (www.cnj.jus.br/corporativo).

2) clicar em Esqueceu sua senha?, localizado no canto inferior da tela.

3) na tela que se abrirá, informar o número do CPF (sem traços ou pontos), clicar em Enviar

4) será aberto um pop-up de confirmação da recuperação de senha, neste clicar em OK.

5) será enviado um e-mail para o endereço eletrônico do usuário (xxxx@tjms.jus.br), contendo um link para redefinição de senha. 

6) ao clicar no link informado no e-mail, abrir-se-á automaticamente a página do Sistema de Controle de Acesso do CNJ para alteração da senha. Informar a senha nova e clicar em Alterar.

7) será aberto um pop-up de confirmação de alteração da senha, neste clicar em OK.

8) será informado que a senha foi alterada com sucesso.

ATENÇÃO!

Caso o usuário não receba o e-mail para redefinição de senha, deverá entrar em contato com a Coordenadoria de Gerência de Sistemas Externos solicitando o reset da senha, pelo e-mail cgjconvenios@tjms.jus.br ou pelos telefones (67) 3314-1465 / 3314-1327 (no período de 12h às 18h).

Eventuais dúvidas também poderão ser dirimidas por meio dos contatos informados acima.


(warning) Evite impressões, consulte sempre o GPS. Orientação sujeita a alterações.

  • No labels