Para que o processo seja identificado no fluxo de trabalho, o cartório fará a inclusão da tarja correspondente.

A tarja poderá ser acrescentada diretamente no fluxo de trabalho. Para isso o usuário deve clicar na linha do processo com o botão direito do mouse e escolher a opção “Gerenciar Tarjas”.


Na tela que se abrir, marcar a caixa box correspondente à tarja identificadora do processo. Após este procedimento, clicar em “Salvar”;


A tarja inserida ficará visível nas telas do SAJ em que aparecem o número do processo.


Também é possível visualizar a tarja no fluxo de trabalho em que o processo se encontra.


Nas telas do SAJ de "Consulta de Processos Básica" e "Consulta de Processos Avançada" (menu "Consulta") é possível fazer consulta de processos por tarja, ou seja, as tarjas poderão ser objeto de pesquisa retornando a informação de quantos processos estão marcados com aquela identificação/prioridade selecionada, conforme figura abaixo.


A tarja pode ser informativa, como ocorre com a "Penhora no Rosto dos Autos", ou pode ser identificadora de alguma prioridade, tal como a "Estatuto do idoso".

(warning) Não imprima! Orientação sujeita a alterações.